De Augusto Küttner de Magalhães a 13 de Outubro de 2009 às 08:06
Evidentemente.
Isso são desilusões, isso é não medir o egocentrismo e egoismo do outro, isso também se aprende.
Por vezes , sempre, acho, devemos passar essas dicas aos nossos filhos, avisá-los, e na hora do aviso, por norma vale menos, quando vai o tombo, lembram-se de que o “quota” falou nisso, e passoam a partir de determinada idade a lembrar-se de mais avisos dos “quotas” e mesmo batendo de cara, já a conseguem colocar de lado, para não ser tão “duro”.

Mas a vida faz aprendendo e se quisermos ajudas vamos ouvindo os que já inventaram a roda....e os que já por demasiadas vezes fomos de cara, de peito, de cangalhas ao chão, para ...não doer tanto....

Um abraço do

Augusto

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres