De Aníbal V a 6 de Setembro de 2009 às 12:35
Muito interessante a questão dos sentimentos de abandono nos migrantes e nas suas famílias. E sempre tão actual, nuns tempos duma forma, noutros tempos de outra. Parabéns por esta abordagem que nunca vi ser feita.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres