De Augusto Küttner de Magalhães a 21 de Julho de 2009 às 04:30
O espanto nunca é prejudicial, bem pelo contrário. depois temos é que passar, aquem e além desse espanto!!!!

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres