De Zilda Cardoso a 20 de Julho de 2009 às 14:19
É vulgar dizer-se que do espanto nasceu a filosofia. Pode o espanto ser alguma vez demasiado e prejudicial ? Ou é questão de conteúdo de palavras?

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres