De Cidália Carvalho a 15 de Julho de 2009 às 19:00
A. Queiroz,
Quando PAIS de filhos deficientes encaram a diferença sem dramas, com esperança, pese embora a angústia e a incerteza do futuro do seu filho, cada dia que passa, só por si, já é um exemplo fantástico.

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre.

Fique bem!


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres