12.6.17

Suffering-AndreeaMariaSilvestru (1).jpg

Foto: Suffering – Andreea Maria Silvestru

 

...

(silêncio)

O silêncio é caleidoscópico! Tem miríades de nuances e significados! Contém toda a sabedoria da humanidade, talvez por isso se diz que é de ouro. Pode ser de sabedoria, de um fervilhar de ideias e pensamentos, do mais doce amor, de compreensão, de empatia e de compaixão. Pode ser intencional e consciente, uma porta de acesso ao divino, uma conexão com o universo, um canal para o conhecimento mais profundo de si próprio e do universo.

O silêncio pode ser uma arma, contém em si todo o rumor do mundo, pode ser ensurdecedor, de revolta e de raiva, de resistência e do mais vil e convincente desprezo.

Tem também um lado oculto e perverso. O silêncio da penitência. O silêncio de quem cala consente. O silêncio sufocado, engasgado de dor e sofrimento, o silêncio do medo, do pavor, da dominação, da subjugação.

 

O silêncio do sofrimento que tantos ainda vivem, ou melhor, sobrevivem! Quantas crianças sofrem em silêncio pelos sonhos arrebatados, pelos maus tratos e violações a que as sujeitaram. Quantas mães se subjugaram em silêncio, às violentas e abjetas agressões dos seus filhos e maridos. Quantos idosos sofrem em silêncio, os maus tratos dos seus filhos que tanto amam, pelos quais se sacrificaram para lhes dar uma vida digna e sem privações.

Por último, aquele silêncio tão familiar em cada um de nós, o silêncio da indiferença. Da indiferença do que acontece, do que se passa para além de nós próprios, da nossa bolha asséptica e intransponível. Este sim, é o silêncio mais nefasto, porque nos anestesia, nos torna ainda mais insensíveis às emoções e ao sofrimento dos outros. É o silêncio da indiferença que nos desconecta dos outros, estagnando e regredindo a humanidade.

Por vezes, há que rasgar o silêncio, fazê-lo explodir, jorrando as vozes nele contidas!

 

Tayhta Visinho

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 07:30  Comentar

Praia | Cabo Verde

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Junho 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
17

18
20
22
24

25
27
29


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
Muito obrigada por ter respondido ao meu comentári...
Obrigado Teresa por me ler e muito obrigado por se...
Apesar de compreender o seu ponto de vista, como p...
Muito agradecemos o seu comentário e as suas propo...
Muito linda a canção. Obrigado por compartilhar!
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: