16.2.15

EnfermeiraEDoente.jpg

 

20 horas. O horário da visita terminou e percebo no olhar do meu familiar uma suspensão da satisfação pela minha companhia. O meu familiar está a dizer-me que não quer ficar “sozinho”. A noite já tinha caído e, de noite, dentro do hospital, entre quatro paredes brancas, tudo se torna mais intenso… o medo, a ansiedade… as horas não passam. Debilitado, limitado na sua autonomia, fragilizado do ponto de vista mental e físico, o meu familiar sente que precisa de um acompanhamento que lhe permita sentir-se menos mal com os seus problemas.

A única coisa que me ocorre dizer-lhe é que o(a) enfermeiro(a) ESTÁ LÁ. São profissionais presentes 24 horas diárias e que, quando estamos deitados numa cama com os problemas que o meu familiar apresenta, são eles que nos ajudam. Ajudam tendo por base uma formação técnica, científica e humana que lhes permite fazê-lo muito bem. Sei que se regem por princípios éticos e científicos muito sólidos que permitem ao meu familiar sentir um cuidado personalizado, humanizado e sistemático. Este cuidado requer uma relação em que o enfermeiro sabe que o seu objetivo é obter um resultado positivo para o meu familiar. Ele consegue.

Foi isso que eu transmiti ao meu familiar ao despedir-me do seu olhar triste. O (A) enfermeiro(a) ESTÁ LÁ!

A todos os(as) enfermeiros(as),

Muito obrigada por cuidarem de todos nós!

 

Ermelinda Macedo

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 07:00  Comentar

De Julianna a 16 de Fevereiro de 2015 às 14:05
Mais importante que ser alguém na vida é ser importante na vida de alguém. ( Georges Najjar Jr )

Praia | Cabo Verde

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Fevereiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

15
17
19
21

22
24
26
28


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
Muito obrigada por ter respondido ao meu comentári...
Obrigado Teresa por me ler e muito obrigado por se...
Apesar de compreender o seu ponto de vista, como p...
Muito agradecemos o seu comentário e as suas propo...
Muito linda a canção. Obrigado por compartilhar!
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: